4º Ano aprende o quanto as pessoas são semelhantes e também diferentes

Unidade: Uberlândia | 8 Jul 2019

A Turma da Paciência (4º Ano) está aprendendo que as pessoas são diferentes e também semelhantes. Em todos há a possibilidade de ser melhor, de cultivar nobres sentimentos e pensamentos, e de ensinar aos demais o que de bom cada um aprende.

Junto com as professoras Roneida Alves e Élida Paula, os alunos decoraram dois cartazes com gravuras de pessoas, para refletirem sobre as diferenças culturais que existem entre os povos. A turma concluiu que, observando as diferenças que existem entre as pessoas, é possível conquistar os conhecimentos que nos faltam.

Em outra atividade, os alunos montaram um quebra-cabeça com o ensinamento logosófico: “Uns têm o que a outros falta, e o que a uns falta, outros têm; e assim sucessivamente”. Eles compreenderam que o ser humano é incompleto e que por isso precisa dos outros para si completar, para aprender o que em si necessita ser aperfeiçoado.

Para finalizar, a turma realizou no pátio a Dinâmica do Pirulito, que sem a ajuda do amigo que estava ao lado, não era possível saborear o pirulito. “Entendemos assim a importância do outro em nossas vidas e que podemos contribuir, a partir de atitudes simples, para um mundo melhor”, concluíram as professoras.